Atualidade

esta em: Inicio> Atualidade

ATUALIDADE

Dez ponto-chave que todo o vendedor deve conhecer

As empresas cada vez mais, valorizam as habilidades e competências que deve ter um vendedor: empatia, assertividade, capacidade de comunicação, escuta activa, inteligência emocional, etc. sendo estas qualidades muito mais difíceis de encontrar em outro tipo de empregados. Por este motivo, segundo os últimos estudos publicados por entidades públicas e privadas, um dos postos mais populares é o profissional de vendas, uma vez que constitui, sem sombra de dúvidas, uma parte fundamental no desenvolvimento e crescimento das empresas, mais ainda, com a actual e crescente competitividade em todos os sectores empresariais.

Cliente mistério

Num mundo económico repleto de novas tecnologias o controle tornou-se essencial para o desempenho e e eficácia das forças de vendas: GPS, gestão de viagens, CRM, triangulação de cobertura móvel, venda imediata, assinatura digital… É verdade que através destes sistemas podemos controlar e muito a quantidade e a qualidade das vendas, saber quantas visitas se fazem, quanto tempo se demora em cada uma, a quantos clientes se liga por telefone, quantas chamadas são precisas para conseguir uma visita, cada quantas visitas se consegue uma venda e um sem fim de dados e informação que nos ajudam a tomar decisões para...

Mudança da tendência B2B/B2C para C2C

Há muitos anos que se fala do Business to Business e dol Business to Consumer como os dos grandes blocos de relação empresa-mercado. Desde que a Napster nasceu há muitos anos, estamos conscientes que não há outra forma: o Consumer to Consumer. Os livros sobre marketing destronaram as estratégias e tácticas de venda industrial (agora como somos mais modernos chamamos-lhe B2B) e da venda ao usuário final o B2C, inclusivé, já existem inúmeros artigos sobre o C2C (Consumer to Consumer).

Grupo Venda Proactiva espera fechar o ano de 2015 atingindo os 10 milhões de euros

Os excelentes resultados do Grupo Venda Proactiva ao longo deste ano, fazem prever fechar o  ano com um volume de negócios superior aos 10 milhões de euros. Como acontece desde a sua criação há 15 anos, esta multinacional espanhola especializada em gestão comercial e forças de vendas, continua a aumentar os seus valores de rentabilidade, que se reflectem também num aumento de 8% no seu EBITDA.